Declaração do Imposto de Renda 2019 (H30)

Período= 18 de fevereiro (2a) a 15 de março (6a)

Horário = 8h30 às 17h15          

Local = Prefeitura de Takasaki ou Viento (Tonya-machi 2-7)

 

Se não fizer a Declaração, a prefeitura não poderá emitir o Comprovante de Rendimento (Shotoku shomeisho), nem calcular os impostos. Consequentemente, o comprovante de impostos pagos (Nozei shomeisho), o documento necessário para o visto e outras tramitações não poderá ser emitido. A declaração do imposto de renda

poderá ser retroativa a 5 anos.

 

O que pode ser abatido na Declaração?

  • Pagamento do imposto do Seguro de Saúde (Kokumin Kenko Hoken ou Shakai Hoken), Seguro

sobre Assistência Médica aos Idosos (Koki Koreisha Iryo Hoken), Seguro sobre Assistência Social aos

Idosos (Kaigo Hoken)

  • Gastos com tratamentos médicos e hospitalares que ultrapassaram a um determinado valor. Trazer todos os comprovantes do hospital onde se tratou ou Especificação da dedução de despesas médicas (Iryohi Kojo Meisaisho)
  • Seguro contra terremoto, apólice, perdas e danos
  • Compra ou reforma de casa própria
  • Pagamento do seguro de vida
  • Doação monetária
  • Dependentes no exterior

 

Documentos necessários para fazer a  Declaração do imposto de renda.

  • Cartão de permanência (Zairyu card)
  • Cartão ou Notificação do My Number
  • Comprovante de Imposto Retido na Fonte (Gensen Choshuhyo)
  • Caderneta bancária do contribuinte
  • Carimbo
  • Comprovante dos abatimentos a serem deduzidos na Declaração
  • Documentos dos dependents como Cartão de Permanência ou Carteira de Seguro de Saúde, Número do Cartão My Number
  • Certidão de Casamento ou Nascimento, via original com a data de emissão recente e sua cópia, em anexo tradução em japonês.
  • Comprovante de remessa monetária original para comprovar a remessa para o dependente que reside separadamente do contribuite, inclusive no exterior. Caso o contribuinte possui mais de um dependente, o comprovante de remessa deve ser nominal a cada dependente.